Google+ Badge

sábado, 12 de março de 2011

Dicionário virtual ajuda com vocabulário de moda em inglês

Aprender uma segunda língua é muito importante – isso já é quase indiscutível. A globalização fez disso uma necessidade. Os profissionais bilíngues, especialmente os que falam inglês, são mais valorizados pelo mercado de trabalho. Segundo pesquisa realizada pela Catho – empresa de recursos humanos – a diferença salarial entre falantes e não-falantes da língua inglesa chega a R$2000, oo anuais.
Entretanto, não basta apenas boa vontade. Muitas pessoas sentem dificuldade com o inglês, entre outras coisas, pelo fato de que é uma língua de raiz germânica e, consequentemente, tem estrutura gramatical e pronúncia muito distintas do português, que tem origem latina.
O Dicionário Virtual BabLa oferece ajuda a quem sofre com problemas de pronunciação! Além de ser muito rico em verbetes, o BabLa conta com serviço de áudio. Basta clicar num pequeno ícone para ouvir a pronúncia correta da palavra procurada.
Aqueles que estudam ou trabalham com moda já não têm mais motivos para preocupação. O BabLa não é tão completo quanto um dicionário técnico, mas ajuda bastante na hora em que surge alguma dúvida. O site tem vários verbetes relacionados ao “Fashion World”, como “bainha”, “alinhavo”, “lantejoula” e tantos outros.
http://pt.bab.la/dicionario/ingles-portugues/fashion-world
Dica da Fabiana Domingos que é professora de Inglês.
Fabiana Domingos é  professora de inglês e tradutora, certificada pela Cambridge University, pós-graduada em Marketing pela FGV. Especialista em termos do universo da Moda. ( f_bibica@hotmail.com )
pixel Dicionário virtual ajuda com vocabulário de moda em inglês fotos

Sem Galliano, Dior apresenta coleção em Paris


Depois do escândalo dademissão de John Galliano,a Dior apresentou em Paris a coleção para o Outono-Inverno 2011 do hemisfério norte em grande estilo.
 
Na passarela as modelos mostraram o que as tendências já apontavam para a estação: rendas, babados, franjas, transparências, looks em branco total e estilo ladylike. As peças para noite – chamadas eveningwear – saltaram aos olhos com belíssimas transparências e o veludo vermelho que arrancou suspiros de todos.





Saias e blazers de tweed, casacos de pele, capas, calças de veludo e shorts de jacquard fazem parte da coleção. O destaque vai para os vestidos, que vieram em veludos ricos, chiffon, rendas e brocados florais. Nos pés, abotinados, botas de cano alto e sandálias cheias de laços.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Saias e blazers de tweed, casacos de pele, capas, calças de veludo e shorts de jacquard fazem parte da coleção. O destaque vai para os vestidos, que vieram em veludos ricos, chiffon, rendas e brocados florais. Nos pés, abotinados, botas de cano alto e sandálias cheias de laços.
 
 
 
 
 
 

 
 
 
A cartela de cores veio com vermelho escuro, marrom, preto, azul, verde-oliva, mostarda e rosa queimado e nudes . As estampas eram pálidas, tanto os xadrezes como os florais. A coleção da Dior está super feminina e com certeza será uma referência para o Inverno 2012 brasileiro.

Amo fotofrafia e sou apaixonada por uma fotofrafa maravilhosa olha ai abaixo os trabalhos dela inspirados em contos infantinse que teve como modelos varias estrelas de ollywood ou grandes personalidades do mundo.





Olivia Wilde e Alec Baldwin como a Bruxa Má e o Espelho (Foto: Reprodução)










Pénelope Cruz e Jeff Bridges como Bela e a Fera (Foto: Reprodução)







Queen Latifa como Ursula (Foto: Reprodução)



Beyonce, Lyle Lovett, and Oliver Platt como Alice, Coelho Branco e o Chapeleiro Maluco (Foto: Reprodução)











Whoppi Goldberg como o Gênio de Aladin (Foto: Reprodução)















Julianne Moore e Michael Phelps como Ariel e Tritão (Foto: Reprodução)





 




Roger Federer como Rei Arthur (Foto: Reprodução)










Jessica Biel como Pocahontas (Foto: Reprodução)












David Beckham como Principe Phillip (Foto: Reprodução)










Gisele Bündchen, Tina Fey, e Mikhail Baryshnikov como Wendy, Sininho e Peter Pan (Foto: Reprodução)












Jennifer Lopez e Marc Anthony como Jasmine e Aladdin(Foto: Reprodução)








Scarlett Johannson como Cinderela (Foto: Reprodução)

Milão Fashion Week - Lá se vai mais uma semana de moda internacional, a de Milão. O evento, que aconteceu entre os dias 23 de fevereiro e 1 de março, traz em seu line up os desfiles das maiores maisons do mundo e junto com eles as tendências do inverno 2011/2012 começam a se definir. Nesse caso, as italianas devem ficar de olho na tendência sessentinha. Quer saber quais foram os melhores desfiles do Milão Fashion Week?

Gucci

Alberta Ferreti 
Fendi
Prada 
Bottega Veneta
Jill Sander
Emilio Pucci
Missoni
Dolce & Gabbana
Giorgio Armani
Just Cavalli

Mademoiselle Blake

Blake Lively, a Serena de Gossip Girl, já é uma das maiores queridinhas do mundo da moda há um bom tempo. Além de conquistar Anna Wintour, a loira ganhou um espacinho no coração de Karl Lagerfeld e foi a escolhida para ser o rosto da nova bolsa da Chanel, a Mademoiselle. 
Muitos boatos rondaram essa parceria, já que Blake não compareceu ao desfile da grife na semana de moda parisiense. Mas, isso só aconteceu porque a atriz tinha gravações de episódios de Gossip Girl agendadas. Por isso, recepcionou convidados em um jantar da Chanel para mostrar que continua sendo a preferida de Karl.E não é para menos que o estilista elegeu Blake para ser a Mademoiselle da nova bolsa. A campanha foi divulgada, a beleza natural e californiana da atriz foi clicada pelo próprio Lagerfeld e o resultado ficou incrível.


Por Veronica Schneider 

quinta-feira, 10 de março de 2011

Que tipo de música relaxa

A musica possui o dom de nos tranquilizarmos, ela ajuda a mente relaxar e se desligar dos problemas cotidiano de nossas vidas. Cada pessoa possui um estilo musical favorito, é a partir dele que ela pode conseguir meditar e passar bons momentos de entretenimento.
Quem deseja relaxar com uma música que realmente seja propicia a isso, deve procurar ouvir melodias com notas delicadas de piano com ruídos da natureza paralelamente. Esse tipo de musica tem o objetivo de proporcionar tranquilidade e afasta qualquer pensamento ruim de sua mente.
Quando você se sentir estressado ou ansioso por um determinado motivo, escute uma música desse gênero e certamente todos os problemas e frustrações vão se desenvolver nesses instantes. As melodias normalmente não contam com vocal, mas você também pode optar por canções religiosas, elas passam uma mensagem muito positiva.

Ler é o que há de melhor para exercitar a mente

Não é apenas o corpo que precisa ser exercitado, pois a mente também deve estar bem. A melhor forma de se fazer isso é lendo, onde vai estimular o seu cérebro, fazendo com que você pense. Assim vai se exercitar bastante.
Lendo você também vai ter outro beneficio, que é a ampliação do conhecimento, vai consequentemente aprender mais. Infelizmente o povo brasileiro não em esse costume, que é muito importante.
A leitura incrementa o nosso dia-a-dia, principalmente em relação á criatividade, nos ajuda a expressar melhor, entre outras coisas. Ou seja, ler é tudo de bom. Então se você não te esse costume, adquira, você vai perceber a diferença.

Criatividade faz a diferença

Independente da carreira que você for seguir um fato importante que você deve ter é a criatividade, pois assim você pode melhorar o dia-a-dia e sair de situações embaralhosas da melhor forma possível.
Em algumas profissões as pessoas só se destacam devido á criatividade, como por exemplo ser um estilista, onde você tem que criar, fazer peças novas e inovadoras, diferntes.
A criatividade é tudo, sendo que com o tempo as pessoas vão tendo mais conhecimento o que pode ajudar muito, o mundo dos negócios necessita muito disso, então procure fazer as coisas com mais criatividade.

Diferença entre financiamento e consórcio

Agora vou da uma sinformação importante para todos ..........


Atualmente as pessoas possuem condições financeiras para realizar o sonho de ter um carro zero, a casa própria e muitos outros bens que antigamente era um pouco mais complicado devido a vários fatores, hoje em dia há diversas formas para se obter um produto como o financiamento, empréstimos e o consórcio estas são as formas mais utilizadas e também as mais fáceis para quem possui renda mínima, porém estas formas de pagamento possuem suas vantagens e desvantagens e por isso para algumas pessoas o financiamento pode não ser uma boa escolha, para outras pode ser da mesma maneira funciona o empréstimo pessoal e o consórcio, são diversas duvidas comuns que na maioria das vezes não são esclarecidas e o cliente acaba fazendo a escolha errada. Estas maneiras de pagamento podem ser usadas para diversas finalidades na compra de um imóvel, de um automóvel, motos e diversas outras coisas como computador e até um barco.
Antes de fazer uma compra de alto valor deve ser feito um planejamento sobre as possíveis formas de pagamento, os descontos, juros, tempo de seguro, entre muitos outros fatores que influenciam na hora de decidir fazer uma compra, o mesmo vale na hora de escolher o método de pagamento, no caso o financiamento ou o consórcio. Muitas pessoas desconhecem as vantagens e desvantagens de um consórcio e acham o financiamento a melhor escolha ou vice e versa.
O financiamento: a opção mais escolhida por maioria das pessoas, a maior vantagem é que você terá seu carro ou qualquer outro produto o mais rápido possível em suas mãos, o financiamento funciona como um empréstimo que a garantia é o produto que você está adquirindo e até que você termine de pagar todas as prestações o produto pertence ao banco ou qualquer outra empresa de empréstimo, isso é vantajoso para o banco que lucrará com os juros que serão cobrados todos os meses, que costumam ser altos e tornam o valor duplificado do produto, ou seja, se você fizer um financiamento no valor de dez mil no final terá pagado quinze, hoje em dia as parcelas são mínimas, porém dependendo do prazo que você terá para pagar os juros aumenta, esta é a maior desvantagem de optar pelo financiamento e a maior vantagem é que você terá o produto assim que decidir comprar e na maioria dos casos as pessoas financia 100% do produto, o que torna os juros cada vez maiores. Se você optar pelo financiamento a melhor opção é dar um valor ou a metade do valor como entrada, desta forma as parcelas terão um valor baixo e os juros não serão muito altos.
O consórcio: é uma ótima solução para quem não tem pressa de obter o produto, a maior desvantagem é que você não terá o produto de imediato, porém as parcelas podem ser baixas e não possuem juros. O consórcio funciona da seguinte maneira, contrário do financiamento não é um empréstimo e trata-se de diversas pessoas interessadas no mesmo carro, moto ou qualquer outro produto em comum, este grupo todos os meses darão um lance ou uma contribuição, a soma do valor dos lances de todas as pessoas interessadas todo o mês resultarão no valor do produto, desta forma é realizado um sorteio em que um felizardo do grupo levará o produto, é uma questão de sorte porque você pode ser sorteado no primeiro mês ou no último, os prazos de consorcio são extensos podem durar três, cinco, seis ou mais meses, ou seja, você pode entrar em um consórcio hoje e obter o produto somente daqui cinco anos ou não se tiver sorte. Uma das opções que pode fazer com que você tenha mais chances de levar o produto para casa é oferecer um valor maior nas contribuições de todos os meses desta forma serão sorteados mais que um produto.
O melhor e mais vantajoso método de pagamento sempre será a vista, juntar dinheiro e pagar o valor completo e ainda ter descontos é a melhor opção, apesar de maioria das pessoas não terem condições de realizar este método de pagamento.

Eterna sedução - Rigor mas sem perder a feminilidade. É este o novo credo dos estilistas que desfilaram na Semana de Moda de Milão. Setenta e dois desfiles consagrados ao pronto-a-vestir feminino revelaram que a mulher do próximo Inverno vestirá a sobriedade no masculino, exaltando todavia o glamour tão feminino.


 Depois de Nova Iorque e Londres, a Semana de Moda de Milão insuflou uma boa dose de energia através de colecções que primaram pelo binómio masculino/feminino, acompanhado de um fogo de artifício de cores e texturas.

A Gucci inaugurou a passerelle para o Outono/Inverno 2011-2012 com uma colecção pintada de tons quentes e silhuetas sensuais. Uma mulher fatal dividida entre o estilo retro de Marlène Dietrich e o visual de Angelica Houston na década de 70. «Trata-se de um dandy contemporâneo no feminino, que mistura glamour e sedução», afirmou a directora criativa da marca italiana detida pelo grupo PPR, Frida Giannini. No ano em que celebra o 90º aniversário, a Gucci exalta o seu know-how artesanal com algumas peças fortes como uma saia em pele de cobra envernizada, vestidos corpete em couro tingido e casacos de peles com tratamentos especiais.    
Esta exultação da cor e da matéria dá também o mote à colecção de Alberta Ferretti, que revela «uma mulher dinâmica e determinada, voltada para o futuro», referiu a criadora italiana. Trata-se de uma colecção «forte, sem ser demasiado barroca, repleta de energia», que aposta nos contrastes de tonalidades e de materiais, ilustrada por vestidos-casacos em lã com bordados ou ainda por malhas com efeitos cintilantes.   
Entre o estilo futurista e o espírito tribal, a Max Mara reinventou uma nova elegância, ao mesmo tempo confortável e sofisticada, Os cortes das peças são depurados ao extremo. Os leggins expulsaram as calças e os casacos exalam peles sublimes. 
Uma atmosfera selvagem que reproduz também a colecção da Fendi, onde Karl Lagarfeld revisitou o chique descontraído. Dos visuais propostos destacam as golas de pelo de raposa e os coletes em patchwork de zibelina, chinchila e marta.      
Miuccia Prada, por sua vez, surpreendeu com uma colecção composta unicamente por vestidos e casacos em versão mini, ornados com acessórios e detalhes extravagantes, como toucas de banho em peluche ou couro, botas em couro ou pele de cobra com falsas meias ou ainda golas de peles. «Procurei revisitar as obsessões das mulheres para alterar os códigos», explicou a estilista.
Os visuais multiplicaram-se na passerelle. Militar para a Moschino e para a Versace, nostálgicos para a Antonio Marras e principescos para a Etro. As mulheres da próxima estação fria assumem a sua multiplicidade, ecletismo e contradições.
Roberto Cavalli, por exemplo, estratificou os tecidos numa colecção sensualmente animal, onde tudo brilha. Peles de pelos compridos, penas, estampados felinos, texturas de répteis vestem as amazonas do estilista toscano, que cintilam em tonalidades bronze, cobre e ouro e sobrepõem colares tribais, lenços tentaculares, coletes e casacos masculinos em ricos tecidos jacquards sobre saias curtas e plissadas ou calças em veludo.     
Já a Dolce&Gabbana aposta na dicotomia masculino/feminino. No género feminino pontuam os vestidos tipo combinação, justos e sensuais, acompanhados por sapatos de tacão agulha e soquetes pretos. No masculino houve um claro assalto ao guarda-roupa de homem.
De igual forma, a Salvatore Ferragamo brinca com a atracção dos géneros para criar uma colecção requintada, onde os grandes clássicos do homem são “pervertidos” com subtileza. O tradicional fato transforma-se em vestido corpete, os fatos príncipe de gales deixam entrever uma camisa preta transparente, a saia pied-de-poule abre-se a cada passada.
Missoni, por seu lado, propõe uma atmosfera diferente. Aquecidas por lãs, veludos e peles combinadas com malhas, as manequins da casa italiana apresentam visuais que transportam ao século XIX.
O rol de grandes criadores na passerelle milanesa encerrou com o maior entre os maiores: Giorgio Armani, cuja linha principal exaltou a feminilidade através de peças voluptuosas e materiais delicados.

Com a faca e o livro na mão

Conheço quem usa livros para enfeitar a mesa da sala (uma sugestão bacana é Jazzlife, de Willian Claxton, pela Taschen). Para se distrair no banheiro (acredite: ler qualquer título de Malcolm Gladwell ajuda o intestino a funcionar). Até mesmo para calçar aquela escrivaninha bamba ou prender a porta (nestes casos, a espessura ou o peso da obra é determinante). Mas o artista plástico norte-americano Brian Dettmer foi além. Ele usa livros para fazer esculturas. Talhando folhas de manuais e enciclopédias, Dettmer cria peças em relevo que ora seguem o tema original do título, ora subvertem a proposta inicial do autor do livro. Não se trata de colagem — o material usado nas esculturas é todo parte da obra.
Em seu site, Dettmer explica o processo de criação:
Neste trabalho eu começo com um livro existente e lacro suas bordas, criando um recipiente fechado cheio de potencial a ser descoberto. Corto na superfície do livro e passo a dissecá-lo a partir do começo. Trabalho com facas, pinças e instrumentos cirúrgicos para esculpir uma página por vez, expondo cada camada durante o corte em torno de ideias e imagens de interesse. Nada dentro dos livros é realocado ou implantado, apenas removido. Imagens e ideias são reveladas para expor histórias e memórias alternativas. Meu trabalho é uma colaboração com o material existente e os seus antigos criadores, e as peças finalizadas expõem novas relações com os elementos internos do livro exatamente no local onde eles têm estado desde a sua concepção original.

Para conhecer mais do trabalho interessante de Brian Dettmer, visite seu Site e seu flickr.
 
Por: Rodolfo Viana

A nova princesa e seu estilo único e clássico - Após anunciar o noivado com o Príncipe William, o mundo se voltou para Kate Middleton e consequentemente para seus figurinos. E não é a toa que tudo o que a moça usa some das araras em apenas algumas horas. Kate tem um gosto elegantérrimo e sabe como atrair e inspirar outras mulher.


Sempre muito elegante, Kate Middleton abusa das roupas com corte clássico
A bela é fã de tons sérios, como azul, preto e vermelho
Para dar um up no figurino, Kate costuma utilizar acessórios na cabeça
Por morar num país frio, a noiva do Príncipe William também é adepta da meia-calça escura, uma opção mais chique do que as calças

Kate é quase sempre vista usando sobretudos
No dia do anúncio de seu noivado, Kate usou um vestido azul escuro de modelagem simples e chique, como sempre. O modelo é da marca brasileira Issa, e sumiu das lojas em dias.
Novamente os casacos compridos e de modelagem ajustada
Para ficar mais feminina, Kate costuma marcar a cintura com cintos finos
Os cabelos da futura da princesa estão na maioria das vezes soltos e lisos
A maquiagem de Kate é aquela de 'rica'. Só blush, corretivo e rímel
Até no dia a dia Kate adota um visual feminino. Aqui ela equilibra a bota despojada com colar e blusa delicidada