Google+ Badge

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Ecologia já!!!

Adorei esta iniciativa da marca de sapatos Naturezza, empresa ligada ao grupo Via Uno. A grife, conhecida por desenvolver calçados sustentáveis, acaba de lançar um tênis que, segundo seus fabricantes, é ecologicamente correto por inteiro. O grande diferencial do produto fica por conta do cabedal, confeccionado com Napa Acqua, material feito à base de água. Os corantes usados no processo de texturização e a tinta do forro também têm o líquido em suas composições. O cadarço é de fibra 100% algodão, os ilhoses são desenvolvidos com alumínio reciclado de latinhas de refrigerante, a sola é uma mistura de cortiça reaproveitada e andiroba, e o forro tem fibra de bambu como matéria-prima.

Acho a iniciativa fantástica porque dando o primeiro passo poderemos chegar a usar produtos bonitos e com material reciclado, suprindo nosso desejo de consumo e ajudando o planeta. Olha quanta coisa bonita já esta sendo feita! A nossa parte é criar a preferências por produtos ecologicamente corretos que assim vai crescer muito o nível dos produtos e a quantidade deles no mercado!!!

Cabíveis e Incabíveis

Winona Ryder: the girl is back Ela ressurge como uma fênix do cinema dando um banho de charme e mostrando a grandeza digna de sua experiência. A ver.

Fênix do cinema

No filme Cisne Negro, do diretor Darren Aronofsky, um perturbador thriller psicológico ambientado no mundo fisicamente doloroso do balé profissional, é surpreendente ver Winona Ryder em um papel tão pequeno — sem mencionar o fato de ela interpretar a envelhecida primeira- bailarina Beth, que foi forçada a se aposentar por sua companhia, em Nova York, e acabou substituída por Nina, a personagem de Natalie Portman. O filme lida com uma tensão assustadora e alucinada, que foca o desvendar da mente de Nina enquanto ela obsessivamente se prepara para estrelar a turnê de uma versão do grupo para O Lago dos Cisnes. Winona talvez não apareça em cena por mais de 20 minutos — seu papel fica entre o de uma coajuvante e uma participação especial. Ainda assim, pálida como sempre, com impossíveis olhos escuros, que dominam seu rosto de namoradinha, ela consegue fazer sua presença parecer realmente grande. O filme com certeza não teria a mesma tensão palpável sem ela. Talvez a escolha da atriz — uma ex-ingênua na vida real interpretando uma ex-ingênua — tenha sido simplesmente eficiente. Mas existe uma poderosa alquimia, que é a própria Winona.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

SPFW Inverno 2011 – Iodice

O desfile da marca Iodice foi muito luxuoso e com muito glamour. Tecidos nobres, como jérsei com georgete, seda, couro e lã estavam presentes na coleção. Uma mulher refinada e ao mesmo tempo antenada com o que há de mais moderno e urbano. Gostei bastante da coleção e se encaixa perfeitamente no meu estilo.
As cores que Valdemar Iodice trouxe foram o preto, dourado, laranja e o safari (um cru que você pode ver nos vestidos, nas saias em pele e nos casaquetos). A modelagem aparece tanto justa como larga e fluida. As calças de alfaitaria seguem um pouco o modelo cenoura e com a barra mais curta. Decotes generosos, deixando a mulher bem sensual.
O couro aparece com franjas e tachas. Nos pés, botas de salto alto, bem fino, mixando tecido e couro.  Cruissard boots bem coladas a perna que mais pareciam leggings. Os acessórios bem marcantes como os cintos e gargantilhas, sem esquecer das carteiras.

Coleção Inverno 2011 Arezzo

Um inverno cheio de tons castanhos e caramelos é o que a marca Arezzo  propõe para os calçados  e acessórios. Couros naturiais, com toques etnicos, preto e cinza aparecem nas bolsas, sapatos e botas da coleção.
A marca reedita os clássicos como os Oxfords, sendo a peça-chave deste inverno. Eles aparecem em leituras, no formato clássico, e em um mix com diferentes tratamentos que vão do modelo original masculino – flat de cadarço – até sandálias-bota. A diferença agora é que ganham vocação bem feminina para serem usados com saias e vestidos.
Os clogs voltam com tamanhos de salto variados, como os altos e os médios. Na década de 90 usei um bem parecido com estes modelos de salto médio e era da Arezzo. Gostava muito e agora já sei o que vou comprar.
As boots pesadas e sandálias-bota ganham amarrações e ganchos, novo código de moda herdado dos coturnos, que atualiza o militar. Também fivelas em profusão decoram botas e sandálias com solados tratorados.
Confiram as fotos: