Google+ Badge

sexta-feira, 6 de março de 2009

Sol da meia noite

Este é o título no mas novo projeto de Stephanier Meyer, e é narrado por ninguém menos que sua criação mas famosa o vampiro Edward Cullen.
Estou disponibilizando o link para o rascunho do livro Sol da Meia noite è um rascunho maravilhoso, lindo no qual o Narrador é ninguém menos que Edward. Espero sinceramente que a autora não desista do projeto,então quem quiser ler é só ir no site e fazer o dowload dos 12 capítulos escritos .

(http://www.4shared.com/get/88496648/6c209998/5_Stephenie_Meyer Serie_Crepusculo_5

Os livros Crepúsculo , Lua Nova , Eclipse e Breaking Dawn






Os livros que mas rápido li este ano rssssssssss

Imagem da semana


Paquistanês carrega crianças em uma motocicleta nas ruas de Ravalpindi

Ativistas da organização não governamental Greenpeace penduraram hoje uma faixa vertical de 40 metros no Elevador Lacerda, em Salvador, alertando para


Fonte: Agência Estado

Ativistas da organização não governamental Greenpeace penduraram hoje uma faixa vertical de 40 metros no Elevador Lacerda, em Salvador, alertando para os efeitos do aquecimento global. Salvador - Ativistas da organização não governamental Greenpeace penduraram hoje uma faixa vertical de 40 metros no Elevador Lacerda, em Salvador, alertando para os efeitos do aquecimento global. A faixa, estendida por quatro escaladores, mostra uma régua gigante e adverte para um dos mais temidos efeitos do aquecimento global: a elevação do nível do mar. Com a frase "É agora ou agora", a organização faz referência, segundo sua assessoria, à urgência na realização de ações que evitem o aumento da temperatura média do planeta. O banner é o mesmo que foi utilizado há dois anos em uma manifestação semelhante no Rio. À época, porém, o texto dizia "Ainda há tempo".
A colocação da faixa é uma das iniciativas dos ativistas durante a permanência do navio Arctic Sunrise, um dos três do Greenpeace, no porto de Salvador. A embarcação integra missão chamada "Salvar o Planeta: é Agora ou Agora", programada para durar três meses no País. A campanha já foi levada a quatro capitais do Norte e Nordeste (Manaus, Belém, Fortaleza e Recife) desde o início do ano. Da capital baiana, o barco segue na próxima quinta-feira para o Rio, indo em seguida para Santos (SP). Amanhã e domingo o navio estará aberto à visitação pública.

Até onde a ignorância católica pode chegar?


Honestamente eu fico cada vez mas indignada com a falta de bom senso da da Igreja católica. Quando não criam um setor de triagem das declarações de alguns de seus membros. Declarações essas que colocam a igreja em uma situação digamos frágil podemos dizer que a igreja está no limbo da sociedade perdendo fieis a todo instante
hoje quase não existe uma boa convivência da igreja católica com a sociedade porque sua visão da vida vão na contra mão da realidade da saúde e segurança publica e isto não só aqui no Brasil mas no mundo.
veja abaixo trecho da declaração de dom José Cardoso Sobrinho,(diga-se de passagem esta aposentado a espera do seu substituto), a reporte da folha Recife em relação a menina que foi brutalmente estrupada durante tres longos anos por seu padastro e que só teve paz porque engravidou do agressor:
Sobre o risco de vida que a menina corria: “O médico dizia que havia o risco, mas o fim não justifica os meios. A boa finalidade de salvar a vida dela não podia ter suprimido duas vidas. Vou dar um exemplo: eu gosto muito de dar alimentos aos pobres, mas para consegui-los não posso roubar um banco ou assaltar alguém. Dois inocentes morreram sem chance de se defender”.

Sobre o possível afastamento de fiéis da Igreja: “Se afastar os fiéis que não comungam os ensinamentos da Igreja, que seja. Hitler matou 6 milhões de judeus e o Holocausto é lembrado todos os anos. Também penso num holocausto silencioso, nos 50 milhões de abortos no mundo a cada ano”.


Depois de ler isso, não tenho mais o que dizer. Por piedade, algum amigo ou superior do Vaticano, deveria pedir a este bispo, que colocou a Igreja Católica no limbo, para ficar calado. De preferência, que seja indicado rapidamente o seu substituto, antes que cause mais estragos e indignação. (palavras de Ricardo Kotscho, 60, é repórter do iG e da revista "Brasileiros". )

Infelizmente a igreja tem perdido fieis por não saber a hora certa de se calar e de deixar a hipocrisia de lado haja visto o grande numero de pedofilos que se escondem sob a batina da igreja.

Após estiagem, Amazônia não é mais capaz de frear aquecimento global




Fonte:Folha de S.Paulo Por:EDUARDO GERAQUE
06/03/2009 - 08h44

A dramática falta d'água no ambiente amazônico em 2005 não afetou apenas a vida dos moradores da região. Com a seca, a floresta, que normalmente absorve carbono, passou a emiti-lo no ambiente.
As sequelas deixadas pelo grande estiagem, segundo medições inéditas divulgadas hoje, vão durar por décadas. Com menos água, as árvores morreram mais. Cresceram menos. E a floresta passou a colaborar para a piora do aquecimento global.
Peter Vitzthum
Folha de muda de árvore desnutrida na seca amazônica de 2005; contribuição para agravar o aquecimento global não será imediato
Folha de muda de árvore desnutrida na seca amazônica de 2005; contribuição para agravar o aquecimento global não será imediato
"A Amazônia, antes de 2005, absorvia 400 milhões de toneladas de carbono por ano. Durante o fenômeno [seca], não absorveu nada e passou a emitir 900 milhões de tonelada de carbono", diz Luiz Aragão, brasileiro pesquisador da Universidade de Oxford (Inglaterra).
Os 400 milhões de toneladas de carbono que a floresta costuma sequestrar por ano, segundo Aragão, servem para empatar com todo o carbono que é lançado no ar por causa do desmatamento e das queimadas.
O número apresentado pelo pesquisador, um dos 66 dos autores de artigo científico publicado hoje na revista científica "Science", foi o primeiro extraído de dados concretos com medidas sistemáticas em toda a Amazônia. Estudos anteriores sobre a seca eram estimativas com imagens de satélite.
O grupo de Aragão monitorou árvores em 136 parcelas --áreas de floresta-- de 100 m por 100 m, em várias regiões da Amazônia.
"Temos estudos, por exemplo, na Bolívia, no Peru, na Guiana e na Colômbia", disse o pesquisador, que trabalha na Floresta Nacional de Caxiuanã, no Pará, onde o Museu Goeldi, de Belém, mantém uma estação de pesquisa.
A contribuição da seca de 2005 na Amazônia para o agravamento do aquecimento global não será imediato, afirma Aragão. O carbono que passou a ser emitido pelo sistema não está ainda todo liberado na atmosfera, explica. Ele continua preso, por exemplo, em folhas ou galhos mortos.
"A seca acabou jogando mais combustível no sistema. A floresta, de uma forma geral, ficou mais vulnerável. Isso amplia o problema das queimadas, um dos fatores que vão contribuir para que o carbono excedente do sistema vá para o ar", afirma o pesquisador brasileiro. "Esse processo dura décadas."
Outro estudo já publicado pelo mesmo grupo, segundo Aragão, havia mostrado que em determinadas regiões da floresta a seca de 2005 aumentou o número de queimadas em 33%.
'Esses resultados podem ser projetados para o futuro', diz o pesquisador.
Segundo ele, o círculo vicioso visto para os meses de seca da floresta em 2005 poderá ficar cada vez mais intenso nas próximas décadas. "Os modelos mostram que a floresta vai ficar mais seca em alguns locais. Claro que esse balanço desfavorável de carbono poderá ser mais frequente", disse.
O resultado disso é que enquanto a seca de 2005 é atribuída a um fenômeno natural --anomalias climáticas no Atlântico--, a culpa sobre as estiagens futuras provavelmente vai recair sobre a humanidade.
Dados não coincidem
Os dados obtidos nas 136 áreas reais da floresta amazônica durante vários anos, diz o pesquisador brasileiro Luiz Aragão (Universidade de Oxford), não estão de acordo com a tese de que, mesmo com a drástica seca de 2005, a pior em 60 anos, a floresta amazônica verdejou.

"Nossos dados não mostram a mesma coisa. A perda de biomassa ocorreu em grandes áreas", diz Aragão.

De acordo com o cientista, os dados apresentados antes sobre o verdejar da floresta, na mesma revista 'Science', foram obtidos apenas por meio de satélites.
"Talvez isso explique as diferenças dos resultados", afirma. A validação dos dados dos satélites muitas vezes não se confirma nas medições reais, diz Aragão.
A tese do verdejar na seca poderia significar que o sistema antiestresse da floresta amazônica teria funcionado bem durante uma forte, mas curta, estiagem.

Ex-comandante da PM e dois coronéis são presos por suspeita de fraudes na BA

05/03/2009 - 22h34
Fonte: Agência Folha

O ex-comandante da Polícia Militar da Bahia Antonio Jorge Ribeiro de Santana, que chefiou a corporação de 2003 a 2008, foi preso nesta quinta-feira em flagrante suspeito de receber R$ 26 mil de propina. Mais dez pessoas, inclusive outros dois coronéis da PM, também foram presas pela Operação Nêmesis, coordenada pela Secretaria da Segurança Pública do Estado.

O dinheiro encontrado com o ex-comandante, segundo as investigações, foi entregue como pagamento pelo direcionamento de uma licitação vencida pela empresa Júlio Simões, que locou 191 carros para a PM.

O esquema, de acordo com a assessoria da secretaria, também contava com a participação de um intermediário, preso em flagrante ao receber o pagamento de R$ 21 mil.

Os outros coronéis presos são o ex-comandante do Corpo de Bombeiros Sérgio Alberto Silva Barbosa e o atual diretor do Departamento de Apoio Logístico, Jorge da Silva Ramos.
As investigações, de acordo com a secretaria, começaram há cinco meses, após uma denúncia feita ao secretário César Nunes.

A Folha entrou em contato com a empresa Júlio Simões, mas a empresa não se pronunciou hoje sobre a prisão do funcionário. O advogado dos três coronéis investigados, Vivaldo Amaral, disse hoje à noite que as denúncias são improcedentes e que a "verdade virá a tona".

Arcebispo não teve pena da criança que interrompeu gravidez, afirma médico de Recife (PE)

06/03/2009 - 07h52
Fonte:Folha Online

"Tenho pena do nosso arcebispo, que não conseguiu ser misericordioso com o sofrimento de uma criança inocente, desnutrida, franzina, em risco de vida, que sofre violência desde os seus seis anos", afirmou o médico Rivaldo Mendes de Albuquerque sobre o arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, que excomungou os envolvidos no aborto, informa Laura Capriglione, em reportagem publicada na Folha nesta sexta-feira (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

Lula critica excomunhão e defende medicina em caso de aborto de menina em PE
Menina violentada deixa hospital após interromper gravidez em PE


Segundo a reportagem, Albuquerque é professor de ciências médicas da Universidade Estadual de Pernambuco, católico praticante e foi um dos profissionais que interromperam a gestação da menina de 9 anos.
"Não foi Deus que proibiu a interrupção da gestação em qualquer caso. Foram os homens da Igreja. E eles erram --já queimaram gente viva em praça pública, não se esqueça", disse o médico.
Críticas
Os ministro José Gomes Temporão (Saúde) e Carlos Minc (Meio Ambiente) criticaram nesta nesta quinta-feira (5) a excomunhão realizada pelo arcebispo.
"Eu acho que a posição da Igreja é extrema, radical, inadequada, me parece um contrassenso diante do que aconteceu", disse Temporão ao participar de entrevista a emissoras de rádio durante o programa "Bom Dia, Ministro" nesta quinta.

Minc também fez críticas. "Como cidadão, fiquei muito revoltado com a atitude da igreja. A igreja que deveria em tese ajudar as pessoas ainda cria essa situação. Você acaba criminalizando a vida", disse Minc.
Caso
O crime veio à tona no último dia 25, após um exame médico a que a garota foi submetida no município de Pesqueira. Ela foi atendida após relatar queixas de tonturas e enjoos.
O padrasto da garota, um rapaz de 23 anos, foi preso na última quinta, no município de Alagoinha, suspeito do estupro. O suspeito mantinha relações sexuais com a garota há cerca de três anos.
O rapaz confessou o crime e, em depoimento, admitiu também ter estuprado sua outra enteada, de 14 anos de idade, portadora de deficiências física e mental, afirma a polícia. A Polícia Civil não revelou o nome do suspeito para que a identidade da criança seja preservada.
Ouvido pela polícia, o padrasto confirmou que começou a assediar as duas meninas desde que passou a morar com a família, há três anos. Segundo ele, as enteadas o provocavam.

Equipe médica excomungada diz que não está arrependida

06/03/2009 - 10h00
Fonte: Agência Estado - São Paulo
A equipe médica que foi excomungada da Igreja Católica ontem após a realização de um aborto em uma menina de 9 anos estuprada pelo padrasto disse que não está arrependida. "Graças a Deus estou no rol dos excomungados", disse a diretora do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), Fátima Maia.

Lula lamenta comportamento de bispo

*

* Menina violentada tem alta
* Arcebispo não teve pena da criança, afirma médico
* UOL Notícias
* Álbum de fotos

Católica, ela disse ter agido como diretora de um instituto de referência no Estado para atendimento à mulher vítima de violência sexual, mas pessoalmente também não tem nenhum arrependimento. "Abomino a violência e teria feito tudo novamente. O Cisam fez e vai continuar fazendo, estamos qualificados para esse tipo de atendimento há 16 anos."

Católico de batismo, não praticante, o gerente médico do Cisam, Sérgio Cabral, um dos que participaram da interrupção da gravidez de 15 semanas da criança, frisou não ter nenhum problema de consciência. "Estou cumprindo um trabalho perante a população pobre de Pernambuco que só tem o Sistema Único de Saúde para resolver seus problemas." O médico preferiu não comentar a excomunhão da Igreja anunciada pelo arcebispo de Olinda e Recife, d.José Cardoso Sobrinho.

Coordenadora do Grupo Curumim, uma ONG que trabalha com reprodução feminina e integra o Fórum de Mulheres de Pernambuco, Paula Viana criticou abertamente o arcebispo. "Assusta achar que a vida de uma menina vale menos que o pensamento de um religioso fundamentalista", disse. "Todos os procedimentos foram feitos com base na lei", lembrou, referindo-se ao estupro e ao risco de vida que a menina corria pela imaturidade de seu aparelho reprodutivo.

De acordo com a diretora do Cisam, a criança poderia ter ruptura de útero, hemorragia e bebês prematuros, além de risco de diabete, hipertensão, eclâmpsia e de se tornar estéril. A mãe da menina também foi excomungada. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

quarta-feira, 4 de março de 2009

MAPEAMENTO DA FLORESTA


Fonte: CLAUDIO ANGELO
enviado especial da Folha de S.Paulo a Manaus
Biólogos farão pescaria de genes em rios amazônicos

A partir do mês que vem, cientistas do Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) devem partir de Manaus para uma série de expedições com o objetivo nada modesto de sequenciar o genoma da Amazônia. Ou quase isso: eles querem descobrir o que torna algumas criaturas aquáticas da floresta tão especiais, e como seu DNA pode ajudar a indústria, a agricultura e a medicina.
O projeto, batizado Adapta (Centro e Estudo de Adaptações da Biota Aquática da Amazônia) é um dos centros amazônicos que receberam verba do programa federal de Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia. Ele terá R$ 7 milhões em três anos para fazer o primeiro esforço sistemático de genômica ambiental da Amazônia.
Genômica ambiental é o sequenciamento dos genes de diversos organismos que habitam um mesmo ecossistema --um rio, um trecho de solo ou uma floresta. Nesse tipo de estudo, o que interessa é saber quais genes são ligados ou desligados pelas criaturas para responder a um mesmo desafio imposto pelo ambiente.
A partir da coleta de material desses organismos, os cientistas do Adapta pretendem montar uma grande "biblioteca" de sequências expressas, ou seja, de genes ativados em ambientes em que, por uma razão ou outra, a vida fica difícil.
E lugares assim são o que não falta no 1,3 milhão de quilômetros quadrados de áreas inundadas da Amazônia. As regiões de várzea, por exemplo, todo ano se transformam num inferno tóxico quando a água sobe.
Como há muita matéria em decomposição nos solos, a várzea vira um caldo com pouco oxigênio e muito ácido sulfídrico e metano, onde peixes como o tambaqui precisam se virar para não morrer intoxicados.
Estudos anteriores já mostraram que a estratégia de sobrevivência do tambaqui, por exemplo, é desligar uma série de processos metabólicos e ligar outros. Outro peixe, o acará-açu, simplesmente reduz seu metabolismo.
As formas como essas criaturas fazem isso serão mapeadas, em busca de eventuais proteínas de interesse comercial ou científico. E criaturas a investigar também não faltam: só peixes são 2.500 espécies. Além dos peixes, serão investigados mamíferos, plantas, invertebrados e micróbios.
Vida no esgoto
Nem todos os estresses impostos à fauna aquática amazônica são naturais. A região está pontilhada de hidrelétricas, zonas de exploração mineral e igarapés (córregos) contaminados por esgoto. O grupo do Inpa vai pescar genes também nesses lugares.
Um dos objetivos do Adapta é identificar ao menos dez produtos --como enzimas, hormônios e antibióticos-- e patentear ao menos cinco deles durante a vigência do projeto.
"Uma proteína que possa conferir resistência ao ambiente inóspito da várzea, genes de crescimento para a agropecuária ou produtos para controle biológico de insetos" podem resultar da investigação, enumera Adalberto Val, diretor do Inpa. "Não temos ideia do que vamos encontrar", diz, apesar de o trabalho não ser uma busca no escuro total, e sim orientado por pesquisas já feitas.
"Não é neste projeto que vamos encontrar a cura para todas as doenças", diz Val. Em compensação, pode ser o embrião de uma indústria de biotecnologia amazônica, algo visto por vários cientistas como um meio economicamente viável de manter a floresta em pé.
"Muitos desses produtos exigirão a criação de cadeias produtivas", afirma Val. Mas nada é para agora, adverte. "Você precisa ter grupos estruturados para poder desencadear o interesse das empresas."

TRATAMENTO PARA DIABETE


Fonte: Folha on line
Consumo de grãos previne e trata o diabetes causado pela alimentação e obesidade

O consumo regular de grãos integrais reduz de 20% a 40% as chances de desenvolver o diabetes tipo 2, que tem causas relacionadas à má alimentação e à obesidade --e que, nos últimos anos, vem se tornando uma epidemia global. Os grãos contêm fibras e magnésio, e seu consumo ajuda a controlar a glicemia de diabéticos tipo 2, inclusive permitindo a redução da quantidade de medicamentos necessários ao tratamento.

As informações são do livro "A Dieta Milagrosa dos Grãos", da Publifolha. O volume oferece um programa alimentar baseado em grãos integrais que ajuda a emagrecer e traz benefícios à saúde comprovados cientificamente como redução da pressão arterial, dos níveis de colesterol e do risco de doenças como o diabetes.
Está comprovado, por exemplo, que as dietas ricas em trigo-sarraceno, milho e aveia colaboram para o controle do diabetes tipo 2. O pão feito das sementes de trigo sarraceno diminui o nível de glicose no sangue e melhora a produção de insulina pelo pâncreas após as refeições.
Leia abaixo trecho do livro sobre como o consumo de grãos integrais pode beneficiar na prevenção e controle do diabetes tipo 2.
Diabetes Tipo 2
O diabetes é definido pelo aumento anormal do nível basal de açúcar ou glicose no sangue. Os tipos mais comuns de diabetes são o 1 e o 2. O tipo 1 se desenvolve subitamente devido a uma reação auto-imune. Os diabéticos do tipo 1 não conseguem produzir insulina. O tipo 2, influenciado pela alimentação e pela obesidade, se desenvolve ao longo do tempo. Infelizmente, ele vem se tornando uma epidemia global, mas o consumo regular de grãos integrais pode ajudar a preveni-lo.
Quem está em risco?
O diabetes tipo 1 geralmente surge na infância e por isso costumava ser chamado de diabetes juvenil. O tipo 2, por outro lado, está relacionado ao excesso de produção de insulina decorrente do pouco efeito da ação deste hormônio no organismo. Ele é muito mais comum em pessoas com sobrepeso ou obesas. Embora o tipo 2 já tenha sido chamado de diabetes adulto, hoje é diagnosticado até mesmo em crianças com menos de 10 anos.

Pré-condições para o diabetes tipo 2

O diabetes tipo 2 não surge da noite para o dia. Antes de aparecer a doença, quase sempre as pessoas desenvolvem o "pré-diabetes" ou "intolerância glicêmica" - quadro em que o corpo se torna pouco capaz de absorver os carboidratos ingeridos (especialmente os açúcares simples) e desenvolve resistência à insulina. Essas anormalidades acabam levando ao desenvolvimento do diabetes tipo 2. O consumo de grãos integrais pode interferir tanto na intolerância glicêmica quanto na resistência à insulina e desempenhar um papel importante no tratamento e na prevenção do diabetes.
A fibra e o controle das taxas de açúcar no sangue
A relação entre as fibras presentes nos grãos integrais e o controle da glicemia não é um conceito novo. Já em 1970, a "hipótese da fibra" de Denis Burkitt e Hugh Trowell apresentou o efeito benéfico do consumo de fibras na prevenção do diabetes tipo 2. Em um artigo datado de 1979, James Anderson (outro defensor dessa hipótese) descreveu a importância das fibras para o organismo. Desde então, centenas de pesquisas examinaram outras "hipóteses da fibra" e comprovaram diversos benefícios que antes eram apenas hipotéticos. O mecanismo exato de como essas fibras afetam o corpo ainda está em estudo, mas, em geral, as pesquisas mostram uma redução de 20% a 40% do risco de diabetes entre os indivíduos que consomem grãos integrais.
Outro estudo demonstrou que as pessoas que mais consomem grãos integrais são as que apresentam menor nível de insulina em circulação e maior sensibilidade à insulina. Algumas pesquisas mostram que quanto maior o tamanho do grão, maior o tempo de sua digestão e mais lento o aumento do nível de glicose no sangue. Isso faz que haja menos insulina em circulação e aumenta (ou ajuda a manter) a sensibilidade do organismo à insulina.
Os grãos ricos em fibras solúveis, como aveia, centeio e cevada, mostraram-se mais eficientes no aumento da sensibilidade à insulina do que aqueles ricos em fibras insolúveis, como trigo integral e trigo-sarraceno. Outros grãos, como milho e arroz branco, não exerceram impacto relevante na sensibilização à insulina. Isso levou alguns pesquisadores a comparar os efeitos de grãos diversos, com quantidades diferentes de fibra.
Substituir o consumo de fibras insolúveis por solúveis pode baixar significativamente os níveis de açúcar e de colesterol no sangue. Para analisar diferentes tipos de fibra, mudou-se a dieta matinal de um grupo de diabéticos tipo 2: os cereais à base de arroz e milho foram trocados por cereais à base de trigo e aveia e um pouco de tanchagem (para aumentar ainda mais a quantidade de fibras insolúveis). Em três meses, os participantes apresentaram redução de triglicérides no sangue (tipo de gordura que aumenta na circulação quando comemos algo) e uma melhora nos níveis de HDL ("colesterol bom"). A conclusão foi que, à medida que o organismo desses diabéticos se adaptava à maior ingestão de fibras, o risco de desenvolver doenças cardíacas diminuiu.
Um efeito combinado
Além de ricos em fibras, os grãos integrais são uma fonte excelente de magnésio. Acredita-se que esse mineral seja fundamental para a prevenção e o tratamento do diabetes tipo 2. Portanto, ainda não se sabe se é a fibra ou o magnésio o fator positivo contra a doença. O mais provável é que seja uma combinação de ambos. Entretanto, podemos simplesmente usufruir dos grãos integrais, cujos efeitos estão comprovados.

ESTUDO LIGA HÁBITO DE COMER RAPIDAMENTE À OBESIDADE



Comer muito rapidamente pode ser o suficiente para quase dobrar o risco de uma pessoa ser obesa, segundo um estudo de pesquisadores japoneses.

Cientistas da Universidade de Osaka analisaram os hábitos alimentares de cerca de 3 mil pessoas e relataram os resultados no British Medical Journal.

O estudo examinou a relação entre a velocidade na hora de comer, a sensação de estar “cheio” e estar acima do peso.

Quase metade dos voluntários disse que tinha a tendência de comer rapidamente.

Comparados com quem não comia rapidamente, os homens com esse hábito tinham 84% mais chances de estar acima do peso, e as mulheres tinham duas vezes mais chances.

Além disso, aqueles que, além de comer rapidamente, tinham a tendência de comer até se sentirem “cheios”, tinham mais que o triplo de risco de estar acima do peso.

‘Sinais do estômago’

O professor Ian McDonald, da Universidade de Nottingham, disse que há várias razões pelas quais comer rapidamente pode contribuir para a obesidade.

Segundo ele, o hábito pode interferir com o sistema de sinalização que diz ao cérebro para parar de comer porque o seu estômago está cheio.

Via: BBC BRASIL

O precoceito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Gostaria de saber qual a diferença entre Preta Gil e a tal mulher melancia? não entendo o universo masculino em que uma é chamada de gorda e a outra de gostosa, coisas da cabeças que se acham pensantes e que de pensantes não tem nada. Preta Gil é uma pessoa encantadora , engraçada e canta e que não faz de seu ganha pão seus atributos fisico , que com modismo ou sem modismo é uma figura publica conhecida e não fabricada.
já a mulher melancia não passa de uma fabricação da mídia e de pessoas que estão lucrando com seu traseiro avantajado e que na mesma forma que apareceu, desaparecerá efêmera e fugaz então minha gente vamos deixar de ser hipócrita e da importância oa que realmente importa ou seja a realidade sócio econômica deste pais.

MELANCIA É O NOVO VIAGRA


Fonte: Revista Super Interessante

Voltar à ativa ficou mais barato (entre 10 e 20 reais, dependendo do supermercado). Cientistas da Vegetable and Fruit Improvement Center, no Texas, descobriram que a melancia pode ter o mesmo efeito do Viagra (2 comprimidos custam 45 reais) no corpo humano: ela dilata as veias e aumenta a libido.
Os nutrientes presentes na fruta são bioativos. Isso significa que são capazes de interagir com o corpo e estimular reações saudáveis. Entre eles, os mais importantes são o licopeno (que dá a cor avermelhada aos alimentos), beta caroteno (antioxidante) e a citrulina (aminoácido que relaxa as veias sanguíneas, assim como o remédio).
Quando a melancia é ingerida, a citrulina é convertida em arginina por meio de enzimas. A arginina ajuda o coração, o sistema imunológico e já provou ser útil também para as pessoas que sofrem de obesidade mórbida. Dentro do corpo, ela acelera a produção de óxido nítrico, relaxando as veias e deixando o sangue correr solto.

ADEUS À PÍLULA AZUL?


RICARDO BONALUME NETO
da Folha de S.Paulo
Fonte: Site da Folha Online.
Gás de enxofre desponta como possível rival do Viagra
Estudado como possível tratamento para disfunção erétil, o gás sulfídrico (H2S) se mostrou agora capaz de promover ereção em testes com ratos e tecidos humanos em laboratório. Conhecida por seu cheiro de ovo podre, a substância também tem papel na regulação de músculos que controlam a circulação sanguínea no pênis.

Em estudo publicado hoje na revista "PNAS", os cientistas afirmam que o sucesso dos testes preliminares não está "nada mal" para um gás que até recentemente "era mais conhecido como um poluente tóxico".

O trabalho foi liderado por Louis Ignarro, da Universidade da Califórnia em Los Angeles, e Giuseppe Cirino, da Universidade de Nápoles. Ignarro ganhou o Nobel de Medicina de 1998 pelas suas pesquisas com sinalização celular com o óxido nítrico --mecanismo sobre o qual o Viagra atua.

O H2S é criado por enzimas a partir da cisteína, um aminoácido. "Os tecidos do pênis possuem duas enzimas responsáveis pela conversão da cisteína em H2S", disse Cirino à Folha de S.Paulo.

Nos humanos, o gás é responsável pela vasodilatação do corpo cavernoso, região do pênis que se enche de sangue na ereção. "Drogas que interfiram nessa via bioquímica poderiam levar a um novo tratamento."

Os pesquisadores demonstraram o efeito em ratos e em células humanas do corpo cavernoso. O tecido peniano usado nos experimentos foi doado por homens que haviam feito cirurgia para mudança de sexo.

Se a nova abordagem vai dar tão certo quanto o Viagra, ainda é dúvida. "A vantagem do Viagra é que a enzima que ele inibe é abundante no corpo cavernoso", explica o farmacólogo Gilberto de Nucci, da USP. Talvez o H2S atue mais como mediador no organismo.

Fonte: Site da Folha Online.

terça-feira, 3 de março de 2009


Ter, 03 Mar, 11h52

O Milan está trabalhando para ampliar o empréstimo de David Beckham do Los Angeles Galaxy até o final de junho com o objetivo de tê-lo permanente no próximo ano. REUTERS/Giampiero Sposito (ITÁLIA)

Bruno Senna frustrado por ficar fora da Honda


Meio que me conformei já que o esquema é partir para outra", disse Bruno que, apesar de nada ter sido dito oficialmente, já reconhece que perdeu a vaga na Honda para Barrichello.

Assim como Rubens Barrichello diz não ter um contrato em mãos assinado com a nova equipe que surgirá da Honda, Bruno Senna ainda não recebeu o "Não" de Ross Brawn. Mas ele já demonstrou não acreditar mais na possibilidade de correr de Fórmula 1 nesta temporada. Está triste com a situação, mas confiante de que terá outras oportunidades de realizar seu sonho.

"Meio que me conformei já que o esquema é partir para outra. Só fico um pouco chateado por essa situação ter se arrastado por tanto tempo, o que fez com que eu perdesse melhores possibilidades profissionais", admitiu Bruno Senna, que ainda não definiu seu futuro. "Agora vou me reunir com minha família, com orientadores e decidir que rumo tomar."

Aos 25 anos, Bruno Senna acredita que foi "um pouco inocente" nessa longa novela para definição dos pilotos da temporada 2009 da Fórmula 1. "Tenho agora uma imagem muito diferente do que se passou. Foi um tombo na minha vida. Mas a gente passa a vida inteira levando tombos", afirmou o jovem piloto brasileiro.

Segundo ele, prevaleceu o desejo do novo chefe da equipe que surgiu da Honda. "O Ross Brawn quer o Rubinho. Se fosse para lá, o mínimo erro que eu cometesse poderia me ferrar. Desejo entrar numa equipe onde o pessoal me queira de verdade e não nessa situação", contou o sobrinho do tricampeão Ayrton Senna.

Sobre o futuro, Bruno Senna analisa agora suas opções - voltar para a GP2, onde não restam mais boas equipes disponíveis, parece ser difícil. "Qualquer coisa que eu fizer será um passo para trás", reconheceu. "O importante será manter a Fórmula 1 como prioridade, manter-me próximo. Darei a volta por cima."

Com toda certeza quem saiu perdendo foi a escuderia Honda!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Venha conhecer o barco do Greenpeace




Neste final de semana, você vai poder ver de perto um
dos principais instrumentos de ação do Greenpeace: o
Arctic Sunrise.

A embarcação estará em Salvador com a Expedição
“Salvar o Planeta. É agora ou agora.” para alertar a
população sobre as mudanças climáticas e pressionar
os governos a agirem urgentemente.

Junte-se a nós, venha participar desse movimento
global do Greenpeace para salvar o clima.

Dia: 7 e 8 de março (sábado e domingo)
Horário: 9h às 17h
Local: Porto de Salvador/Codeba
Armazém a confirmar

Recomendamos virem com sapatos confortáveis.


Confira mais informações
sobre a expedição aqui!

Acompanhe também o dia-a-dia a bordo do barco em
nosso blog: www.greenblog.org.br







Pesquisa personalizada


Pushing Daisies



Final de Pushing será exibido em festival

Os fãs norte-americanos de Pushing Daisies vão ficar bastante decepcionados com a notícia. Os capítulos finais da série foram agendados para exibição no Pailey Festival, evento que acontece em Los Angeles em abril e organiza palestras e discussões sobre a mídia do país.

Na televisão, no entanto, nada. A emissora ABC continua sem dar uma palavra sobre o término da série, cancelada em novembro passado por falta de audiência. A suspeita é de que eles sejam lançados diretamente em DVD, sem nunca serem transmitidos.

A série foi exibida normalmente até o intervalo que costuma ocorrer no final do ano na grade de programação. Em janeiro, quando todos os programas voltaram a exibir seus capítulos inéditos, Pushing não voltou para o ar.

Desejo: Jennifer Aniston quer ser Bond Girl, vai ficar queredo....



A atriz revelou que e muito chamada para papéis de comédia e romance, mas que gostaria mesmo de faze um filme de ação
Depois de Halle Berry e Kim Basinger, Jennifer Aniston quer ser a próxima Bond Girl. A atriz afirmou que é muito chamada para papéis de comédia e romance, mas que gostaria mesmo de participar um filme de ação. Segundo a People o fato não seria tão impossível,uma vez que Jennifer tem um corpo bonito e consegue mantê-lo, devido a sua dieta. A atriz afirma que é realista, e sabe que não pode comer apenas batata frita e hamburguer. Sobre sua vida amorosa, Jen diz que existe muito menos drama do que a mídia faz parecer e que no término de seu casamento com Brad Pitt não existem vilões ou mocinhos, e que ela não deve a ninguém seu lado da história, por que esses lados não existem.
No meu ponto de vista ela não tem o chamado sex que uma Bond Girl deve ter ela é muito agua com açúcar

Novo filme de angelina Jolie




Angelina Jolie estrelará o filme Salt, onde ela interpreta uma espiã. E como toda boa espiã que se preze, a atriz ira se disfarçar. Veja bem, neste take Angie está usando o cabelo em uma tonalidade preta bem escura. Algum tempo depois...
.. É assim que você a vê, loira! No longa, Angelina interpreta Evelyn A. Salt, uma mulher que nunca se sabe quando ela está falando a verdade. Esse será o grande mistério do filme, e cabe ao espectador descobrir quem é a verdadeira Salt. De acordo com o Just Jared, o filme apenas estreará em 2010.

segunda-feira, 2 de março de 2009

NT nº 106 - A dívida socioambiental do governo Lula

Inesc divulga nota técnica com breve contextualização do que estará em jogo durante a COP8 e uma avaliação dos programas socioambientais do governo Lula. Texto anexo.

Entre os dias 13 e 31 de março, Curitiba será a sede da 3ª Reunião das Partes do Protocolo de Reportagens sobre Biodiversidade (MOP3)e da 8ª Reunião da Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica (COP8).

Um dos temas centrais da COP8 é a definição de um regime internacional de acesso e repartição dos benefícios econômicos advindos do uso da diversidade biológica que alguns países, como o Brasil, defendem que seja vinculante.

A defesa de direitos e as disputas em torno de mercados futuros mobilizarão as burocracias dos Estados nacionais e das agências internacionais de cooperação, um amplo leque de organizações não governamentais e movimentos sociais, bem como corporações transnacionais vinculados à pesquisa.

Essas são apenas algumas peças do jogo que estará sendo montado durante a conferência. Além dessas informações, o Inesc divulga também uma avaliação da execução orçamentária de programas socioambientais e deixa claro: muito ainda há a ser feito para que seja realizado um resgate da dívida socioambiental brasileira.

domingo, 1 de março de 2009

Massa roda na pista, mas é o 2.º em testes na Espanha




O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, rodou na pista no primeiro dia de testes da Fórmula 1 no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha. Apesar dos problemas, o piloto foi o segundo mais rápido da sessão, superado apenas pelo alemão Sebastian Vettel, da Red Bull.Vice-campeão da temporada 2008, Massa rodou e ficou parado na pista na primeira das cinco bandeiras vermelhas do dia. O alemão Nico Rosberg, da Williams, também teve problemas, quando o treino foi paralisado por uma forte chuva, que durou cerca de 30 minutos.
Mesmo assim, o brasileiro marcou o tempo de 1min20s330, atrás apenas do 1min19s055 de Vettel. Em terceiro, ficou o japonês Kamui Kobayashi, piloto de testes da Toyota, que surpreendeu ao registrar 1min20s699.
Outro brasileiro nos testes, Nelsinho Piquet, da Renault, também saiu das pistas e ficou com o oitavo e último tempo do dia - 1min22s011.
Confira os tempos do teste deste domingo na Espanha:

1.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min19s055 (87 voltas)

2.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min20s330 (63)

3.º - Kamui Kobayashi (JAP/Toyota), 1min20s699 (79)

4.º - Nico Rosberg (ALE/Williams), 1min21s171 (71)

5.º - Robert Kubica (POL/BMW Sauber), 1min21s292 (47)

6.º - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 1min21s584 (31)

7.º - Pedro de la Rosa (ESP/McLaren), 1min21s831 (94)

8.º - Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 1min22s011 (52)

Ronaldo exagera durante folga e será punido pelo Corinthians


Por Redação Yahoo! Brasil
O atacante Ronaldo, perto do seu tão esperado retorno aos futebol, exagerou em sua primeira folga. Após uma confraternização na última quinta-feira, o jogador voltou depois das 5h30 da manhã desta sexta, quando o horário limite para retorno dos atletas era 23 horas da última quinta.

Graças a este ato de indisciplina, o atacante não reuniu condições físicas para participar dos treinos físicos pela manhã, e a diretoria do Coringão deve anunciar ainda hoje uma multa para Ronaldo, segundo um dirigente do clube revelou para o site Globoesporte.com.

A equipe está concentrada em Presidente Prudente para uma maratona de jogos, e esta é a primeira vez que o jogador viaja com a delegação corintiana.

Que Tieta que nada!!!!!!!!!!



Quais mistérios rondam a cabeça de um sujeito que cantava “eu queria ser uma abelha pra pousar na sua flor” e que agora blasfema versos como “eu ressuscitei, não morri, gelei, matei a paixão, não lhe dei a mão; quis lhe estraçalhar...”? Pois, acredite, o Luiz Caldas inventor do axé agora é do heavy metal. E não só do heavy metal, como também da música indígena, do frevo, do samba e da MPB (Confira o MySpace do cantor).
Depois de agitar o carnaval em Salvador, em cima de um trio elétrico, o cantor de 46 anos lançará 10 CDs, simultaneamente, cantando os ritmos que o fizeram querer ser músico na adolescência. A mídia sempre bancou essa imagem do Luiz Caldas de pés descalços, alegre", fala o músico de 46 anos, por telefone. "Com esse projeto, vou mostrar que não sei só fazer axé." São 132 músicas divididas em nove estilos e duas caixas - dessas, 130 foram compostas e gravadas em menos de um ano pelo cantor. "As outras duas foram presentes dos meus amigos e mestres Walter Franco e André Abujamra", completa. Zeca Baleiro, Sandra de Sá e Seu Jorge são alguns dos convidados dos 10 trabalhos.

Caldas destaca dois CDs da caixa, um destinado aos índios, todo cantado na língua Tupi, e o mais aguardado, o de rock, onde faixas como Jarbas, No Bar e A Maldição despontam. Esta última ganhou uma voz gutural e riffs de guitarra que deixariam os fãs do Sepultura de cabeleira em pé. "Pensei essa música na praia, enquanto andava. Tinha de falar do diabo pra baixo. Não teria como falar de flor e amor. Ficou muito diferente." Para o disco indígena, Caldas usou o bosque onde "malha" como inspiração. "Você vai ouvir o som de cachoeira, mar, animais, tudo com temática indígena." As informações são do Jornal da Tarde