Google+ Badge

sexta-feira, 20 de março de 2009

Destaque dos EUA em Pequim troca ginásio por concurso de dança

om 17 anos, a ginasta americana Shawn Johnson tornou-se neste mês a mais jovem competidora do popular Dancing with the Stars, da rede ABC

Ela trocou o ginásio pelos salões de baile e o collant pelos babados. Após um ouro e três pratas na Olimpíada de Pequim-08, a ginasta americana Shawn Johnson, 17, tornou-se neste mês a mais jovem competidora do popular Dancing with the Stars, da rede ABC, reality show que deu origem ao global Dança dos Famosos.

Se a novidade cheira a decadência para o mundo do esporte, Shawn fez jogada de mestre no show business. Antes de o programa começar, ela foi votada como "a participante que o público está mais animado em ver nesta temporada", a oitava do programa. E, em duas semanas de disputa, já ocupa o terceiro lugar, após impressionar juízes e mais de 20 milhões de telespectadores com uma valsa e uma salsa.

Contra cowboys e atrizes, a técnica da atleta sobressai: nenhum rival tem fôlego, levanta a perna e dobra o corpo para trás como ela. Mas a ginasta diz que suas habilidades atrapalham. "Na ginástica, emoção é fraqueza. É muito difícil mostrar emoção com um parceiro e me deixar levar." Outro problema são os saltos altos: com 1,45 m e acostumada a andar descalça, Shawn tropeçou na escada do palco na estreia.
Mesmo assim, ela prefere hoje falar de dança a ginástica _segundo o Los Angeles Times, Shawn não botou os pés em seu ginásio de treinos em Iowa desde a Olimpíada.
Rival de Jade Barbosa, que hoje sofre com lesão, Shawn atingiu o estrelato em 2007, no Pan do Rio, onde levou quatro ouros, e no Mundial, em que venceu o individual geral. Ela não descarta treinar para Londres-12. Mas, por ora, está mais focada em aprender a rebolar para a salsa. E, mesmo longe do ginásio, Shawn segue favorita ao lugar mais alto do pódio.

O Papa inconseqüente

Em Luanda, Angola, mulher que transporta pães sobre a cabeça passa em frente à cartaz do papa Bento 16, que partiu nesta sexta-feira de Iaundé, em Camarões, para a capital angolana. Esta é a primeira visita do pontífice à África


O papa Bento XVI não para, de dar declarações inconseqüentes sobre o uso da camisinha realmente só posso pensar uma coisa como a igreja católica está em baixa, para ter mídia e chamar atenção ele está fazendo de tudo, até falar bobagem. Será que no vaticano não existe um conselheiro para falar com ele antes do mesmo falar em publico, o que podemos achar de um pontífice que viaja até um continente onde temos a maior epidemia de AIDES, e que chegando lá começar a falar sobre o não uso de
preservativo, preservativo este que pode salva muitas vidas. Realmente a igreja católica já passou da hora de se atualizar o mundo mudou, os homens mudaram agora é a vez da igreja mudar se não quiser cair no esquecimento.

quarta-feira, 18 de março de 2009

EXCLUSIVO: Rodrigo Santoro fala sobre Che

Rodrigo Santoro

Exibido no último Festival de Cannes, Che é dirigido por Steven Soderbergh (Treze Homens e Um Outro Segredo) e protagonizado por Benicio Del Toro, ambos vencedores do Oscar em 2000 por Traffic. O filme é uma cinebiografia do militante argentino que ajudou a construir a Revolução Cubana, em 1959.
Com mais de quatro horas de duração, o filme é dividido em duas partes, que serão lançadas separadamente. A primeira, O Argentino, foca a tomada do poder em Cuba, enquanto a segunda, A Guerrilha, mostra a atuação frustrada de Ernesto Guevara na Bolívia e seu assassinato, em 1967.

Da Redação www.cineclick.com.br

Angelina Jolie filma cena de Erika Salt em que é presa

Angelina Jolie em Erika Salt


A atriz Angelina Jolie (A Troca) filmou na última terça-feira a cena em que a sua personagem é presa no novo longa Erika Salt, em Nova York, Estados Unidos.

Angelina interpretará uma oficial da CIA que é acusada por um desertor de ser uma espiã russa e que deverá juntar provas suficientes para provar sua inocência.

Kurt Wimmer escreveu e adaptou o roteiro da trama, dirigida por Phillip Noyce (O Colecionador de Ossos). Lorenzo di Bonaventura e Suil Perkash serão os produtores.

Erica Salt é o primeiro longa de Angelina após o nascimento dos gêmeos Knox Leon e Vivienne Marcheline, filhos da atriz com Brad Pitt (O Curioso Caso de Benjamin Button). O longa deve estrear em 2010 nos cinemas.
Da Redação www.cineclick.com.br

Zelador de ilha, o melhor emprego do mundo

Já vi vários textos, posts, correntes, imagens, e-mails engraçados e spans, sobre os piores empregos do mundo. Aquelas fotos que mostram limpadores de bunda de lutador de sumo, lavadores de vidraças de arranha-céus (com ou sem hífem? Maldita Reforma!), catadores de estrume de elefantes, removedores de chicletes da canaleta do expresso e muitas outras.


Isso serve muito de alento no dias que você está de saco cheio com o seu trabalho, estufa o peito e pensa “ta ruim, mas podia ser pior”. Agora e o melhor emprego do mundo você sabe qual é? Zelador de Ilha. Isso mesmo! O estado de Queensland, na Austrália, quer dar um “up” no turismo e está promovendo um markting forte para trazer novos visitantes.
Para isso, eles decidiram contratar uma pessoa que terá a função de cuidar da ilha e manter um blog contando como tudo é por lá. Legal né? Não é só isso. O contratado receberá U$ 150 mil para trabalhar seis meses. Essa soma equivale a 40 mil mensais.
queesland2
As tarefas do zelador são coletar as correspondências, alimentar tartarugas marinhas e peixes, limpar as piscinas, observar baleias e mergulhar. Aliás, saber mergulhar é o único pré-requisito para a contratação. Recomenda-se que a pessoa tenha espírito aventureiro. Além da grana, o felizardo ganha uma casa com 3 quartos e um bugue para o seu transporte. A seleção dos candidatos acontece até fevereiro. Em maio anunciarão o escolhido que começará a trabalhar no segundo semestre.
Segundo a ministra do turismo de Queensland, Desley Boyle, é uma maneira de abrir as portas da ilha para o mundo. E ela dúvida que o escolhido vai querer sair da ilha, depois que terminar o contrato de 6 meses.

Fonte: BBC Brasil e CCSP

A- ha no Brasil !


Grupo internacional mostra sucessos da carreira
Um dos grandes nomes do pop dos anos 80, a banda norueguesa A-ha volta ao Brasil para apresentar seus hits e vídeos fantásticos que ficaram mundialmente conhecidos desde aquela época. Na quarta, 25 de março, o palco do Credicard Hall recebe os músicos.
O trio composto por Morten Harket, Paul Waaktaar Savoy e Magne Furuholmen é responsável por sucessos como Hunting High And Low, Take On Me e Cry Wolf. O último CD do grupo, Analogue, também está no repertório.

Serviço:
Local: Credicard Hall (INFORMAÇÕES)
Preço(s): R$ 100,00 a R$ 350,00.
Data(s): 25 de março de 2009.
Horário(s): Quarta, 21h30.
Observações: Classificação: 18 anos.

Fonte: Site oficial/ Stien Andersen

terça-feira, 17 de março de 2009

Rihanna pode protagonizar remake de "O Guarda-Costas"

Los Angeles - A cantora Rihanna pode ser a protagonista de um remake do clássico "O Guarda-Costas", no qual faria o papel que coube na época a Whitney Houston, informou hoje o jornal "Daily News".

Os representantes da artista negaram, por sua vez, que tivesse havido reuniões para debater o tema com diretores, produtores ou estúdios de Hollywood.
"O Guarda-Costas" contava a história de amor entre uma diva da música e seu guarda-costas, interpretado por Kevin Costner, em meio a um clima de suspense causado pelas sérias ameaças recebidas pela cantora. O "Daily News" antecipou que Channing Tatum ("Ela Dança, Eu Danço") interpretará o papel de Costner no remake do filme.
O nome de Rihanna também apareceu ligado a uma futura sequência de "As Panteras" ou a outro projeto no qual a jovem artista poderia fazer par com o cantor Justin Timberlake. A cantora esteve nas manchetes nos últimos meses por causa da agressão da qual foi vítima por parte de seu namorado, o também músico Chris Brown.
Fonte: UOL Cinema

Sueca perde recorde mundial por usar dois maiôs



nadadora sueca Therese Alshammar perdeu nesta terça-feira o recorde mundial dos 50 metros borboleta por ter usado dois maiôs, poucas horas depois de ter estabelecido a nova marca em Sydney.

AFP
Therese Alshammar havia melhorado em dois centésimos a sua marca anterior
THORPE AJUDOU RICE APÓS PEQUIM
LEIA MAIS SOBRE NATAÇÃO
"Therese Alshammar foi desclassificada da prova e o recorde mundial não será mantido", anunciou Ian Hanson, dirigente da Federação Australiana.

"Os organizadores descobriram que ela usava dois maiôs, o que é contrário ao regulamento australiana de natação adotado ano passado para esta competição".

Alshammar protestou e apelou contra a decisão. A nadadora de 31 anos bateu o próprio recorde mundial no campeonato australiano de natação, ao nadar a prova em 25s44. Duas vezes medalha de prata nos Jogos de Sydney em 2000, a sueca baixou em dois centésimos a marca conseguida por ela mesma em junho de 2007 em Barcelona.

Porém, através de imagens de televisão, os oficiais da competição viram que a nadadora usava dois maiôs, o que é proibido na Austrália. A norma também foi adotada pela Federação Internacional de Natação (Fina), por considerar que esse uso representa uma contribuição extraordinária ao competidor.
Fonte: uol esporte

domingo, 15 de março de 2009


O governo de Barack Obama quer reavaliar a relação bilateral com o Brasil no setor econômico e comercial. A Casa Branca enviou uma carta ao governo brasileiro propondo uma primeira reunião de trabalho entre os dois países já em abril.
O governo de Barack Obama quer reavaliar a relação bilateral com o Brasil no setor econômico e comercial. A Casa Branca enviou uma carta ao governo brasileiro propondo uma primeira reunião de trabalho entre os dois países já em abril. No sábado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva será recebido por Obama. Já na Organização Mundial do Comércio (OMC), os Estados Unidos cobraram na terça-feira, 11, um compromisso do governo brasileiro de que as licenças de importação não serão retomadas.


Durante o governo do ex-presidente George W. Bush, uma série de comissões foi criada entre os dois governos. Outra iniciativa foi ainda o estabelecimento de um mecanismo de diálogo comercial para tentar dar uma solução a atritos nessa área e ainda estudar propostas conjuntas. Mas, nos últimos anos, a diversificação das relações comerciais do Brasil foi uma das metas do governo. Em termos percentuais, o peso do mercado americano para as exportações nacionais caiu entre 2003 e 2007. O comércio para a África e Ásia aumentou em um ritmo maior que a taxa aos Estados Unidos.



Segundo Carlos Marcio Cozendey, diretor de Departamento Econômico do Itamaraty, a proposta do governo Obama é para que os dois países reavaliem a utilidade das comissões, rediscutam os temas que estão sobre a mesa de negociações e avaliem como tratar o futuro das relações bilaterais.
Em 2008, o Brasil usou o mecanismo de diálogo para pressionar a administração Bush a abrir o mercado americano no comércio de carnes. Brasil e Estados Unidos também discutiram propostas para usar o Haiti como plataforma de exportações. A ideia é de que, se empresas brasileiros investissem no Haiti, elas poderiam exportar sem taxas seus produtos ao mercado americano. O mesmo seria válido para empresas americanas.
O objetivo do Brasil era o de dar maior acesso ao mercado americano para as empresas nacionais e, ao mesmo tempo, incentivar a economia do Haiti, onde o Brasil comandas as tropas de paz da ONU. A ideia, agora, é de rever o formato do diálogo e como conduzir os debates comerciais entre os dois países.
Nesta semana, em Genebra, os Estados Unidos usaram o exame da política comercial brasileira para insistir que querem explicações sobre o uso de licenças não-automáticas pelo Brasil. A Casa Branca pediu um compromisso do governo de que novas barreiras não serão adotadas.
A administração Obama ainda surpreendeu a diplomacia brasileira há duas semanas ao defender uma reabertura do pacote que foi negociado até agora na OMC no contexto da Rodada Doha. Em seu primeiro relatório sobre comércio, o governo Obama ressaltou a necessidade de corrigir os "desequilíbrios" da negociação multilateral de comércio. O tom mais crítico em relação a Doha e outros acordos comerciais é uma ruptura em relação ao governo Bush.

Salmão, flashes e o bom humor de Tom Hanks


As comédias românticas da década de 1980 não podem estar erradas. Tom Hanks é mesmo muito divertido, inclusive fora das telas ou de papéis como o de Richard Harlan Drew, protagonista de "O Homem do Sapato Vermelho". Nas entrevistas para a imprensa concedidas durante a divulgação de cenas de "Anjos e Demônios", em fevereiro passado, em Genebra, na Suíça, o ator fez muitas piadinhas e reagiu com extremo bom humor até mesmo em situações em que outros astros dariam showzinho.
Primeiro foi durante a coletiva com Ron Howard, Ayelet Zurer e Rolf Landua (cientista do CERN, um dos locais em que se passa a trama). Além de fazer inúmeras piadinhas sobre seu personagem, Robert Langdon, e sua mania de usar um relógio do Mickey Mouse (Hanks perguntou ao restante da mesa se o próximo filme se passaria na Disneylândia, para que o grande mistério de por que um professor conceituado e cheio de heroismo usa uma peça tão, digamos, 'diferente', fosse desvendado), o ator declarou cheio de humor que 'não repetir o papel de Langdon seria uma estupidez. E eu não sou estúpido'.anks também brincou muito ao se referir a Stellan Skarsgard (que encarna Richter, que não existe no livro de mesmo nome), que "sempre termina as frase com um carregado 'ammmmmm'. Por ter participado de "Mamma Mia!", o ator também foi vítima de piadinhas por depois de fazer um filme do Abba, agora estar numa produção de (Dan) Brown - "acho que ele está querendo levar a carreira em ordem alfabética", diziam Hanks e Howard, rindo.
Mas foi quando uma jornalista perguntou se ele levava alguma coisa dele próprio para as gravações (de uma forma que soou bem estranha em inglês) que Hanks fez todos os jornalistas rirem mesmo. Com o rosto todinho vermelho e tentando inutilmente segurar o riso para não constranger a repórter, Hanks levou a pergunta na brincadeira e seguiu em frente na entrevista.
Outra demonstração de simpatia aconteceu quando uma jornalista oriental disparou o flash de sua máquina fotográfica bem próximo ao rosto do ator após o tempo combinado previamente. Mesmo um pouco desconcertado, Hanks riu e disse que ela não estava sendo justa com os demais profissionais presentes, mesmo sendo bem-vinda, afinal, segundo ele, aqueles são os costumes da terra dela, que adora tirar fotos e fazer contato.
O espetáculo de bom humor do ator foi encerrado com outro momento particularmente cômico. Uma jornalista do leste europeu comeu uma sílaba ao perguntar sobre o envolvimento de Hanks com o que deveria ser o novo livro de Dan Brown estrelando Langdon, "O Rei Salmão". Primeiro o ator respondeu com incredulidade: "Salmão? Daqueles que nadam?". Segundos depois o mal-entendido já havia sido desfeito, para grande diversão dos outros profissionais e mais ainda do próprio ator. "Tem uma grande diferença... eu não quero estar em um filme chamado "O Rei Salmão", mas eu realmente posso estar no elenco de "O Rei Salomão", dizia, rindo muito. Referências ao salmão foram feitas até o final da entrevista.

Por: Uol cinema (Heloisa Dall'Antonia)

Seguradora AIG, resgatada pelo Tesouro, distribuirá bônus

WASHINGTON, EUA, 15 Mar 2009 (AFP) - A seguradora americana AIG, resgatada pelo Estado com 180 bilhões de dólares, vai distribuir milhões em bônus a seus funcionários esta semana, segundo documento publicado sábado à noite.

O presidente do American International Group (AIG), Edward Liddy, explicou em carta dirigida ao secretário do Tesouro, Timothy Geithner, que os bônus não podem ser cancelados devido ao risco de processos judiciais por quebra de contrato, revelou o Washington Post.

Os prejuízos da AIG foram de 99,3 bilhões de dólares em 2008.
Pode!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Dinheiro do tesouro para pagar bônus!